Nova classe média chinesa cria oportunidade para exportadores

Folha de S. Paulo | Além do comércio (importação e exportação), a China tem tido um papel importante quando o tema é investimento estrangeiro direto no Brasil, outra área de atuação da Apex-Brasil. Com negócios no setor de infraestrutura, educação, saúde, indústria e serviços, os chineses anunciaram investimentos de US$ 98 bilhões no Brasil entre 2007 e o ano passado. Desse total, 56% já foram confirmados, segundo dados do CEBC (Conselho Empresarial Brasil-China).

Acesse a matéria