O interesse da China na Venezuela chavista

G1 | O ex-embaixador do Brasil em Pequim, Marcos Caramuru, que há muitos anos mora no país, acha que a China enfrentará uma situação nova, caso Maduro seja afastado.

A Venezuela certamente terá que chamar os credores para renegociação de uma dívida que não tem condições de pagar. Isso, segundo ele, é um desafio para a estratégia da China de ir “envolvendo” seus parceiros comerciais, ampliando empréstimos e investimentos de forma a aumentar seu poder de influência.

Como reagirá Pequim diante de um calote de um país que, com a eventual queda de Maduro, já não será tão “amigo”?

Acesse a Matéria