O que esperar do Governo Chinês em 2019?

O ano de 2019 teve início com grandes expectativas sobre a China e as relações do Brasil com o país asiático.  Na esfera doméstica chinesa, o grande destaque do primeiro trimestre foi seguramente a realização das chamadas “Duas Sessões”, momento em que o governo chinês se reuniu, ao longo das primeiras semanas de março, para discutir e estabelecer metas políticas, econômicas e sociais para o ano corrente. Do lado brasileiro, as expectativas recaem sobre a próxima reunião da Comissão Sino-Brasileira de Alto Nível (COSBAN), após um hiato em que os encontros bilaterais entre os Estados estiveram em suspensão.

Com foco nesses temas, apresentamos a seguir a 22ª edição da Carta Brasil-China. Boa leitura!

Artigo de Abertura
UMA JANELA DE OPORTUNIDADE PARA AS RELAÇÕES BRASIL-CHINA
Embaixador Luiz Augusto de Castro Neves (Presidente do CEBC)

Análise CEBC
O QUE ESPERAR DO GOVERNO CHINÊS EM 2019?
Tulio Cariello (Coordenador de Análise e Pesquisa do CEBC)

Artigo Convidado
VETORES QUE GARANTIRÃO EXPANSÃO DE 6,0% DA CHINA NESTE ANO
Fabiana D’Atri (Economista Coordenadora do Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos do Bradesco e Diretora de Economia do CEBC)

Contribuição Especial
A PRESENÇA DOS BANCOS CHINESES NO BRASIL
Leandro Rothmuller (Economista-chefe do BOCOM BBM)

Artigo Convidado
GESTÃO À MODA CHINESA
Inty Scoss Mendoza (Chinese Desk do Haitong Banco de Investimento do Brasil)

Update
COMÉRCIO BILATERAL BRASIL-CHINA
Primeiro Trimestre de 2019
Tulio Cariello (Coordenador de Análise e Pesquisa do CEBC) e Juliana Nadalutti (Estagiária do CEBC)

Acesse a Publicação