Conferência Anual do CEBC

Conferência sobre oportunidades de parceria estratégica celebrou 15 anos do CEBC com presença do Vice-Presidente Hamilton Mourão

O Conselho Empresarial Brasil-China (CEBC) celebrou seus 15 anos na última segunda-feira, 9 de setembro, em São Paulo, com a Conferência Anual – Oportunidades para o Brasil de uma parceria estratégica com a China. O evento, que contou com patrocínio da Siemens e do Itaú BBA, além do apoio do CCPIT (China Council for the Promotion of International Trade), reuniu mais de 250 participantes, com presença de empresários, diplomatas, acadêmicos e jornalistas, incluindo as principais lideranças dos setores público e privado envolvidas nas relações sino-brasileiras.

O vice-presidente da República, Hamilton Mourão, conduziu o painel principal, no qual indicou a visão do governo sobre a importância da relação bilateral para o desenvolvimento econômico brasileiro. A abertura contou com a presença do embaixador da China no Brasil, Yang Wanming, bem como do presidente do CEBC, embaixador Luiz Augusto de Castro Neves. O presidente e CEO da Siemens no Brasil e diretor do CEBC, André Clark, e o diretor de corporate & investment banking do Itaú BBA e diretor do CEBC, Luiz Felipe Trevisan, também compuseram a mesa de abertura.

Nos destaques do evento, contamos com o discurso do secretário especial de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais do Ministério da Economia, Marcos Troyjo, que reforçou a necessidade de os setores público e privado continuarem os esforços para a promoção de uma agenda estratégica brasileira em relação à China.

A programação da conferência incluiu ainda uma série de palestras e mesas redondas voltadas a discussão sobre os principais setores que compõe a relação entre Brasil e China.

O primeiro painel introduziu os principais aspectos da relação bilateral, com foco no contexto atual de transformações na China e as possíveis oportunidades para o Brasil. Participaram do debate Fabiana D’Atri, economista coordenadora do DEPEC – Bradesco e diretora de economia do CEBC, o embaixador Marcos Caramuru, ex-embaixador do Brasil na China e membro do Conselho Consultivo do CEBC, e Renato Baumann, subsecretário para investimentos estrangeiros da Secretaria-Executiva da CAMEX e membro do Comitê Consultivo do CEBC. A moderação da mesa ficou a cargo do vice-presidente do CEBC e diretor do Bradesco, José Leandro Borges.

O segundo painel explorou perspectivas relacionadas a como o Brasil deveria se posicionar em relação ao avanço da Belt and Road Initiative – a nova rota da seda chinesa – para países de fora de seu escopo original, incluindo a América Latina, considerando que o Brasil já é o principal receptor de investimentos chineses na região. O debate se concentrou em temas ligados a oportunidades no setor de infraestrutura.  Participaram do painel André Clark, presidente e CEO da Siemens no Brasil e diretor do CEBC, Jorge Arbache, vice-presidente do Banco de Desenvolvimento da América Latina (CAF), e Maurício Santoro, doutor em ciência política e professor do Departamento de Relações Internacionais da UERJ. Pedro Freitas, diretor do CEBC e sócio do Veirano Advogados, foi o moderador do debate.

O terceiro painel, conduzido por Tulio Cariello, coordenador do CEBC, indicou os principais resultados da pesquisa Investimentos Chineses no Brasil 2018: o quadro brasileiro em perspectiva global, que revela que, entre 2007 e 2018, os investimentos chineses no Brasil atingiram cerca de US$ 60 bilhões.

Durante a tarde, a Conferência contou com mesas de discussão sobre temas particularmente importantes para as relações bilaterais sob o ponto de vista do Brasil.

Na área de logística, contamos com apresentações de Thiago caldeira, secretário de transportes do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI) da Presidência da República, Chang Yunbo, presidente da CCCC South America, Shi Haisheng, vice-chairman do Terminal de Contêineres do Paranaguá, e André Clark, CEO da Siemens no Brasil.

O setor do agronegócio incorporou debates sobre oportunidades no mercado chinês para produtores brasileiros, tendo sido conduzido por Grazielle Parenti, diretora global de Relações Institucionais da BRF, com participação do embaixador Orlando Leite Ribeiro, secretário de Comércio e Relações Internacionais do Ministério da Agricultura, Marcos Jank, coordenador do Centro de Agronegócio do INSPER e membro do comitê consultivo do CEBC, além de Antônio Alvarenga, presidente da Sociedade Nacional de Agricultura – SNA.

A mesa sobre mercado consumidor chinês, que abordou a ascensão de uma nova classe média chinesa que pode gerar grandes oportunidades para exportadores e investidores brasileiros, contou com moderação de Fabiana D’Atri, diretora de economia do CEBC, e participação de Igor Celeste, gerente de Inteligência de Mercado da Diretoria de Negócios da Apex-Brasil, Fernanda Ramone, mestre em gestão cultural pela Universidade de Beijing, e Larissa Wachholz, sócia da Vallya.

O segmento de energia, que contou com debates sobre as áreas de petróleo, gás e novas fontes energéticas, foi conduzido por José Leandro Borges, vice-presidente do CEBC, com exposições de Renata Beckert Isfer, secretária-adjunta de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis do Ministério de Minas e Energia, Chang Zhongjiao, CEO da State Grid Brasil e Liu Yujun, vice-presidente da CTG Brasil.

Por fim, a mesa voltada ao setor financeiro se concentrou em temas relacionados ao mercado de capitais, com foco em novas fontes de financiamento local para investimento em infraestrutura. A sessão foi conduzida por Luiz Felipe Trevisan, diretor do CEBC, com debates liderados por Denise Rodrigues, representante do BNDES, Marcelo Girão, head de project finance do Itaú BBA e Miguel Flaksman, diretor do banco Bocom BBM.

O evento teve ampla cobertura da imprensa, com publicações e matérias difundidas em mais de 30 veículos de mídia, incluindo jornais nacionais e internacionais de grande circulação, como O Globo, Estadão, Folha de São Paulo, Valor Econômico, UOL, Rede Bandeirantes, Rede TV, Reuters, Xinhua, People’s Daily, dentre outros veículos.

Acesse o Release Oficial Acesse as Fotos Acesse a Programação Acesse a pesquisa de Investimentos