Relação com China vive ‘primavera diplomática’, diz Marcos Caramuru

Ainda que à sombra da aproximação entre o governo brasileiro e os Estados Unidos de Donald Trump, a relação com a China vive uma inesperada primavera diplomática, afirma o diplomata Marcos Caramuru, embaixador do Brasil na China no governo Michel Temer. Na mesa, entretanto, haveria ambições econômicas “pouco factíveis” nos dois lados, como o uso do renminbi, a moeda chinesa, em transações bilaterais e garantias de estabilidade às exportações brasileiras.

Acesse a Matéria