A China e a transformação do varejo brasileiro

Em 2019, a receita do e-commerce na China chegou a cerca de US$ 1,5 trilhão, representando 25% das vendas do varejo no país. Nas últimas décadas, gigantes chinesas como Alibaba e Tencent criaram ecossistemas de negócios altamente diversificados, transformando dados e cliente em ativos estratégicos. No Brasil, o Magazine Luiza tem se inspirado nesse modelo para prosperar e expandir sua presença no país, como relata o CEO da empresa, Frederico Trajano, em webinar promovido pelo CEBC. Patrociado pela BRF, o evento teve participação de Alberto Serrentino, fundador da Varese Retail, e moderação de Marcos Caramuru, ex-embaixador do Brasil na China. Assista o vídeo e saiba mais sobre as experiências brasileira e chinesa nesse setor tão dinâmico.

Assista na Íntegra