terça-feira, setembro 22, 2020
Revista China Hoje | O Brasil não deveria ver – como de fato não vê – a presença da China na América Latina como uma ameaça. Ao contrário, a China é nossa maior compradora de produtos e mercadorias e sem...
Sputnik | O problema fundamental que as pessoas não gostam de falar muito é que política externa e relações internacionais têm baixa prioridade na agenda da sociedade brasileira. O Brasil ainda é um país muito voltado para si mesmo. Durante muitos...
Folha de S. Paulo | Custos competitivos e infraestrutura eficaz são alguns dos fatores que tornam o investimento no país atraente para as brasileiras, segundo Luiz Augusto de Castro Neves, presidente do CEBC (Conselho Empresarial Brasil-China).
Tulio Cariello* | O Estado de S.Paulo | 22 Dezembro 2018 |A partir de 2019, o novo governo terá muito a ganhar com o estabelecimento de uma visão madura e pragmática em suas relações com a China, condizente com...
Folha de S. Paulo | Luiz Augusto de Castro Neves, presidente da seção brasileira do Conselho e embaixador na China (2004-2008), disse no evento que o Brasil precisa fazer seu dever de casa e criar um ambiente regulatório que...
Valor Econômico | Os investimentos chineses confirmados no Brasil somaram no ano passado US$ 7,45 bilhões, valor quatro vezes maior que em 2014 (US$ 1,73 bilhão), segundo levantamento do Conselho Empresarial Brasil-China (CEBC) que será divulgado hoje. Os investimentos...
Notícias Agrícolas | Potencial de importação de commodities da Ásia vai muito além da China. Novos desafios incluem olhar para demais países da região, como os demais países do Sudeste asiático, além de um trabalho de imagem do Brasil...
Jornal do Comércio | Thiago Copetti | O investimento de empresas chinesas no Brasil somou US$ 55 bilhões nos últimos 10 anos, de acordo com levantamento do Conselho Empresarial Brasil-China (CEBC). O estudo considera investimento de empresas entre 2007...

Mais parceiros do que nunca

Revista China Hoje | O Conselho Empresarial Brasil-China – CEBC que a presença de empresas chinesas no país é crescente e se deu, inicialmente e, principalmente, na abertura de filiais, com a presença de empresas importantes em diversos segmentos,...
Sputnik | Após passar seis dias em viagem pela China, o vice-presidente Hamilton Mourão disse que o Brasil conseguiu passar sua mensagem aos chineses sobre a importância dos laços comerciais entre os dois países.