Clipping

Principais notícias sobre China publicadas na imprensa brasileira e internacional.

China Daily

BEIJING - The Ziyuan III satellite, launched on January 9 to produce high-resolution imagery for civilian use, has sent back visual data covering 45.79 million square km of the globe as of May 18, according to an announcement on Wednesday.
A statement released by the National Administration of Surveying, Mapping and Geoinformation said the satellite marked a breakthrough in the country's space mapping drive with many of its technical standards higher than similar satellites produced by other countries.
The data it has sent back covers more than 9.32 million square km of China's territory.
The administration has made hi-res imagery based on analysis of the data and posted it on tianditu.cn,...

Folha de São Paulo

A operadora chinesa de microblogs Sina adotou, em meio a acusações de censura, um código de conduta para os usuários de uma espécie de Twitter chinês para reprimir um fórum on-line que se tornou veículo de críticas políticas e sociais ferrenhas.
O código de conduta, anunciado alguns dias atrás, estipula que os usuários dos microblogs da Sina não podem postar informações que contrariem os princípios constitucionais, violem a unidade a nacional, revelem segredos de Estado ou representem falsa informação, entre outras regras.
Muitos usuários afirmaram que as...

Estado de S. Paulo

A montadora chinesa Changan International Corporation pode investir R$ 150 milhões na construção de uma fábrica em Anápolis, a 64 quilômetros da capital de Goiás. A unidade deverá produzir inicialmente 50 mil automóveis por ano, mas a intenção é atingir futuramente entre 80 mil e 120 mil unidades.
O protocolo de intenções foi assinado ontem pelo governador Marconi Perillo (PSDB) e Zhu Huarong, vice-presidente mundial da Changan.
A produção de carros populares terá início no primeiro semestre de 2014. Segundo Huarong, a Changan vai adquirir uma área na região do Distrito...

Valor Econômico

Em fevereiro, as duas autoridades mais graduadas da União Europeia chegaram a Pequim para pedir um favor caro a seus anfitriões: dezenas de bilhões de euros para ajudar a apagar as chamas da crise da dívida no continente europeu. Enquanto isso, em Bruxelas, burocratas tramavam algo completamente diferente - reuniam evidências para uma disputa comercial sem precedentes que, dizem observadores, pode provocar uma escalada dramática nas tensões com a China.
A UE se baseia em alegações de que o governo chinês subsidiou ilegalmente suas companhias de equipamentos de telecomunicações, como Huawei e ZTE, que estão crescendo em ritmo...

Estado de S. Paulo

PEQUIM, 30 MAI - O gabinete chinês aprovou na quarta-feira um plano para promover sete setores estratégicos até 2015, como parte dos seus esforços para reformar a economia e reforçar o crescimento em longo prazo.
"Como a economia enfrenta uma crescente pressão negativa, (o plano) tem grande significado na manutenção de um crescimento de longo prazo estável e relativamente rápido", disse o site do Conselho de Estado (gabinete) após reunião presidida pelo primeiro-ministro Wen Jiabao.
Os setores estratégicos abrangem os esforços de economia energética e preservação ambiental, o...

Páginas

Fuso

Câmbio

Fale com as Embaixadas:

Informações Uteis